top of page
  • Foto do escritorLeonardo Siqueira

Amor próprio X Relacionamentos destrutivos


Uma Luta Constante Galera! 


Alguém aqui já se viu naquele tipo de relacionamento que te consome até a alma? Que suga até a sua última gota de energia? Aquele relacionamento em que o bem estar do outro tem que estar sempre em primeiro lugar? Ela (e) te trata como posse ou alguém que tem que obedecer ás vontades dela (e) sempre? Isso é realmente amor ou é falta de amor próprio? Oi? Isso está certo ou “serto”? Heyyy…você aí do outro lado da tela, algo está errado…você não acha? Com toda certeza, você está sim em um relacionamento destrutivo e ainda, quase exterminando seu amor próprio.

            É complicado sair opinando assim em um assunto tão delicado e clichê ao mesmo tempo…porque é algo que não tem idade para acontecer e nem tem como prever a furada em que nós iremos entrar. Então, o ponto chave é ficar ligado aos sinais. Inicialmente você tem que estar ciente de que antes de qualquer outra pessoa entrar em sua vida, sua família e sua rede amigos já existiam e por nada nesse mundo esses laços têm que se desfazer. Se por acaso esse amor começa a te pedir para se afastar dessas pessoas que são importantes para você, algo já está errado. Porque os amores vêm para somar e multiplicar as alegrias já existentes, eles vêm para acrescentar, e não para completar como todos dizem. Não falta nenhuma parte do seu corpo, ninguém precisa chegar em sua vida trazendo as últimas peças como você fosse um quebra-cabeça para te completar! Risque já esse pensamento da sua vida!

            Um relacionamento não pode te consumir por completo, porque você tem uma vida paralela a ele. Viver constantemente no FANTÁSTICO MUNDO do relacionamento não é nada legal para ambos. Cada um precisa de seu espaço e tempo para os amigos e família alguma hora. Mas se nem isso vocês se permitem ter, algo ainda continua muito errado.



Relacionamentos têm que ser leves e felizes, e isso não excluí a existência de problemas, porém, as felicidades tem que estar acima de todas as coisas ruins que já aconteceram entre vocês, porque se as coisas ruins estivem a frente de tudo…algo a mais está errado. Se você não está se sentindo bem e o outro não faz o mínimo de esforço para melhorar a situação, por que continuar? O relacionamento não é feito de uma única pessoa, logo você não é obrigado a dedicar-se sozinho a ele. Só digo uma coisa, a cumplicidade é fundamental.


            Você já se perguntou se existe realmente amor? Gostar e ter somente coisas em comum ou ter desejos carnais com a pessoa não é amor. O amor é mais que isso, é um conjunto de coisas infinitas. Não saia fazendo test drive por aí, analise seus sentimentos para evitar sair ferida (o). Tenha sempre em mente que você tem que estar bem com você mesma (o) para depois pensar em relacionamentos, pois estar desesperado por um homem ou mulher em sua vida pode atrair coisas não muito boas. Se entender melhor é o caminho certo para entrar em um relacionamento saudável. Estando bem, pessoas boas entrarão naturalmente em sua vida, vindo para somar e não completar, e aí é só alegria! ❤ Abraços galera!



0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Коментарі


bottom of page