top of page
  • Foto do escritorLeonardo Siqueira

EU E O BLOG ALEÁTORIO



Muito estranho não saber como começar um texto para o meu blog. Juro, me perguntei se existia uma “fórmula” ou um “padrão” pra introduzir um assunto por aqui, afinal, são muitos anos escrevendo para sites, blogs, e agora para redes sociais; a linguagem simplesmente muda de uma pra outra.


Minha melhor escolha é sempre ser transparente com o que estou pensando no momento, tipo agora.


Depois de dois parágrafos aleatórios, vou direto ao assunto. Esse texto é sobre eu ter decidido voltar a ter um blog. Se você não me conhece, ou me conhece a pouco tempo, prazer, me chamo Leonardo e tenho blogs desde 2008 ou até mesmo antes disso. Blogs, sim no plural. Criava vários blogs pra escrever o que eu achava da Capricho daquela quinzena (sim, a revista Capricho era impressa e quinzenal!), postar fotos casuais de vestidos de noiva e alguns croquis que eu desenhava inspirado no Esquadrão da Moda daquela semana. Lembro que a Xuxa tinha um quadro que se chamava “estilista revelação” e todo sábado eu corria para fazer um post sobre o que eu achava do episódio que tinha acabado de assistir.


Em 2013 tive meu blog mais bombado e um certo reconhecimento de marcas - foi quando fiz minhas primeiras parcerias pagas (por R$20) e recebi alguns mimos para postar sobre. Laço e Gravata era o nome, e posteriormente, Tomara Que o Leo Siqueira, que acompanhou um canal no Youtube em 2015. O canal foi excluído ano passado, após a criação de um novo canal, autointitulado, e somou aos vários conteúdos que já criei por aí: textos, podcasts, entre outros. A última vez que escrevi para um site meu, foi em maio de 2018, e depois de 4 anos, me encontro aqui fazendo uma coisa esquisita - é muito estranho tentar transparecer o jeito que eu quero me comunicar apenas por palavras escritas. Em tempos de conteúdos voláteis, rápidos e cíclicos, escrever parece um ato pré-histórico.




Desde que parei de “blogar” passei por muita coisa. Fim de um relacionamento tóxico, tranquei uma faculdade, comecei a trabalhar em uma agência de publicidade e propaganda e tempos depois abri a minha própria “agência” com uma amiga. Sobrevivi a uma pandemia que me levou a extremos emocionais, voltei a ter depressão e encontrei um novo jeito de tratá-la, comecei um novo relacionamento e, atualmente, venho me redescobrindo em relação a criação de conteúdo. É um tanto quanto obvio, mas essas coisas transformam a gente e deixam uma carga que é expressível e compartilhável. Talvez seja por isso que aqui me encontro, para explorar essas novas facetas provindas de coisas boas e outras não tão boas assim.


Apesar de ter um pouco de mim por aqui, não quero que este espaço seja sobre mim, e é por isso que decidi intitular este espaço de “Blog Aleatório”. Quero explorar e reunir tudo o que eu acho aleatório na minha cabeça, e que não siga uma linha editorial ou um nicho. Pretendo apenas escrever sobre assuntos que eu apreciaria explicar, indagar, pesquisar, e quem sabe, discutir. Falar de temas mais densos que é pesado para a superficialidade do Instagram, muito complexo para compatibilizar com as trends e conteúdos voláteis do Tiktok, e muito discrepante do que eu falo no meu canal do Youtube, como por exemplo, minha depressão e adaptação com medicação psiquiátrica. Conteúdos explicativos que não caberiam em 15 segundos ou num post carrossel, tipo, o Met Gala (como consegue ingresso? Quem é convidado? Os looks quem escolhe?) e ainda, discutir sobre coisas que provavelmente geraria um cancelamento no Twitter. Ademais, desejo que este seja um veículo que inclua a colaboração de outras pessoas, com dicas, achismos ou até mesmo, opiniões.





Não sei como vai ser minha readaptação a escrita, confesso que estou amando abrir minha cachola e expor um lado, talvez mais vulnerável, que as palavras permitem expressar. Quero que você se sinta em casa e livre para poder expressar também seus achismos e opiniões. Não sei quando volto, se amanhã, ou daqui uma semana, mas pode esperar que os próximos posts provavelmente serão sobre um dos temas supracitados.



59 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

Comentários


bottom of page